domingo, 7 de março de 2010

Confissão de um Corredor

Levei exatamente 52min e 52s para decidir se contava ou não o mal que me aflige nesses últimos dias. Antes, preciso contar que este tempo (52min e 52s) foi referente ao meu treino de domingo (07/03) na distância de 10 km. Fiquei contente com o desempenho, já que minha meta é fazer os 10 km sub 50 minutos já na corrida deste mês.

Contente porque sou o verdadeiro corredor às avessas: não faço musculação, não uso planilha, não faço parte de nenhuma assessoria, não aqueço e tampouco alongo; água? No máximo dois copos por dia, isso se a Bruna (nossa querida colega de escritório) levar na minha sala! E ainda bebo reclamando. Enfim, creio que é um tempo legalzinho, ainda mais que ando negligenciando, além de tudo, a regularidade dos treinos. É isso aí, fiquei satisfeito sim, preciso agora beber mais uns litros de coca e comer muitas barras de chocolate para tirar esses 2min e 52s...

Bom, vamos agora a parte mais difícil, que se refere ao título do Post, Confissões de um Corredor; antes queria dizer que três amigos virtuais foram super importantes na tomada de minha decisão em confessar: O Augusto (http://www.vamoscorrendo.com.br), a Fabi (http://corridaprasempre.blogspot.com) e a Lú (http://lucy-justrun.blogspot.com) . Pô, o Augusto foi importante porque teve a coragem de confessar que cagou no mato em um dos seus longões, e limpou o negócio com um pedaço de um abençoado papelão. A Fabi porque postou um texto sobre prisão de ventre; então, apesar do tom de comédia que sempre procuro conferir aos meus relatos, os lances também podem ser informativos. A Lú porque postou uma foto dela depois de vomitar durante uma corrida. Se eles tiveram essa força de espírito, eu também posso!

Vamos ao que interessa (estou sentindo um calor enquanto escrevo): estou com uma dor no cu desde sexta-feira. Pronto, falei! É isso mesmo, hemorróida! Eu acho que não tenho mais um cu e sim uma couve-flor, ou uma rosa desabrochada. É uma coisa muito dolorida, estou andando igual a caranguejo, meio de lado. E por esta razão, esse fim de semana abandonei iogurtes e derivados de leite, pois preciso evitar ir ao banheiro!

Ok, mesmo assim eu precisei ir ao banheiro hoje à tarde; foi uma experiência desesperadora! Eu estava entrando no banheiro como se estivessem me mandando para a câmera de gás. Não sabia o que me aguardava; não fazia ideia se veria sangue e se a dor seria insuportável. Imaginei eu jogado no chão do banheiro, caído sobre uma poça de sangue, ligando para o SAMU me buscar; sim, eu imaginei eu sendo levado pelo SAMU numa maca, de bunda para cima e um lençol branco com a marca de sangue. Os vizinhos assustados, pensando coisas.

Ainda bem que nada disso aconteceu, mas não pensem que foi coisa fácil! Levei o livro que estou lendo (Futuro da Humanidade) e não consegui terminar um parágrafo! Doeu demais! Na mesma hora larguei a porra do livro, coloquei em cima da pia, com os olhos marejados, comecei a rezar...não riam, ensaiei um Pai Nosso, mas nem isso eu fui capaz! Precisava encontrar algum conforto, nem que fosse na alma! Logo saíram três pequenas bolinhas, mas na boa, pareceram grandes tijolos atravessados. Chorei....desisti na mesma hora, tomei um banho quente e fiquei lá, paradinho.

Assim foi meu sacrifício hemorróidico; agora enquanto escrevo, sinto pequenas fisgadas no negócio, parece que está melhorando. Rezo para não precisar fazer o número 2 tão cedo.

Ah, depois de tudo, sinto mais felicidade pelos meus 52min e 52s nos 10 km, não bastassem as travessuras que depõem contra todas as técnicas de treino seguro, ainda corri com o cu parecendo estar rasgado. Desculpem o palavreado, mas escrevi com emoção, procurando ser mais fidedigno possível! Desejem-me boas melhoras!

Espero, com sinceridade, que os amigos e não amigos que por aqui passam não se assustem e deixem de visitar; apenas um relato de uum corredor que anda sofrendo...

23 comentários:

  1. Desculpa...mas chorei de rir com seu post!!!!

    Voce conseguiu transmitir o desespero que passou nessa luta contra o seu asterisco! (hahaha)

    Eu tenho um amigo, que depois de uma experiencia parecida com a sua, chegou a uma conclusao.
    Segundo ele, quem manda no corpo não é o coração, é o Cu! kkkkkk

    Não sei se desejo força ou boa sorte pra voce!

    abraço e melhoras!

    Leonardo Nista
    www.corroporcorrer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkkkk...melhoras meu amigo. Espero um dia conseguir fazer esse seu tempo, mas sem passar por todas essas provações,

    Thiago Melo
    http://corredoraprendiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Deussssss do céuuuu,detalhess não faltarammmm,ahsuhaushuahsuhuahssuas.
    Desculpa,mas eu to afinadaa de tanto rir,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    Nem consigo comentar nada...ausahusuahsuhuahushas.


    Lembrar o velho ditado:"...no dos outros é refresco" né,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk;

    ResponderExcluir
  4. É Felipão, você se supera a cada post, não me canso de ler teu blog. Mesmo numa hora como essa você consegue transmitir o teu humor... Estimo as melhoras e dou os parabéns pelo teu tempo!!!
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Esse é o Felipe,
    sem papas nem bispos nem cardeais na língua.

    Depois de um post tão, como direi, gráfico acho que o contingente de freiras virgens da Tailândia vai deixar de te seguir.

    Acho que uma vez na vida tive que passar por momentos inglórios (referência ao filme que concorreu ao Oscar mas que não levou) como o teu e posso confirmar que é soda.

    Tb estimo as melhoras. Enquanto isso, adiciona uma rolha ao seu vestuário de todos os dias e não se esquece de levar aquelas almofadinhas pra sentar naquelas reuniões intermináveis.

    PS1: Andar de caranguejo foi ótemo.
    PS2: No post anterior, devo dizer que o Fiat 147 branquinho estava em bom estado. Não posso dizer o mesmo com relação ao indivíduo que estava logo acima.
    PS3: Ótimo treino, apesar de fazer tudo errado
    XBox360: Couve-flor tb foi muito bom. Meio gráfico demais eu diria, mas nada comparado à foto do primata que vc colocou. Ou isso, é foto no espelho???

    Abs,
    Shigueo

    ResponderExcluir
  6. Hipoglós, não? Que remédio se usa nesses casos???
    Após uma procura rápida na internet, eis a resposta:

    "É importante uma avaliação criteriosa e diagnóstico apropriado pelo médico (...) O médico examinará o ânus e reto para procurar por vasos sangüíneos inchados que indicam hemorróidas, e também fará exame retal digital com o dedo em luva lubrificada para tentar sentir anomalias. Avaliação mais precisa do reto para hemorróidas requer exame com anuscópio, um tubo iluminado útil para ver hemorróidas internas, ou com proctoscópio que é usado para examinar mais completamente o reto inteiro".

    Preciso dizer mais alguma coisa????

    Sim... preciso: literalmente, vc tá fudido!! hahahaha

    Beijo

    Marayse

    ResponderExcluir
  7. Fala Felipe!Cara, mesmo rindo do seu post, fico tentando imaginar a sua agonia, isso deve doer muito! Mas pense que por outro lado fez seu recorde pessoal nos 10K, talvés impulsionado pela dor no forévis. Brincadeira, Felipe. Desejo melhoras rápidas!!
    Abs... e vamos correndo!

    ResponderExcluir
  8. Põe pimenta na comida que resolve...

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkkkkkk achei que fosse brincadeira
    Nossa!
    Que drama,você precisa se cuidar mais viu Sr Felipe,se alimentar direito,beber água e cuidar da florzinha ai,com isso não se brinca.

    Uma amiga teve uma semana de rainha e eu fiquei com uma inveja dela...o négocio aqui comigo e enroscado demais rsrs.

    Bons kms e melhoras =)

    Fabi

    ResponderExcluir
  10. Hehehehe...vc é um figura mesmo!!! Como sempre chorei de rir na frente do PC, até acho que vc está na profissão errada...tem que ser comediante.
    Sei bem o que vc sentiu, já passei por isso (ai que vergonha) e na época usei proctosan pomada ou hemovirtus, só cuidado ao passar porque a pomada dá uma pequena geladinha no local, mas posso te dizer que alivia bastante.
    A propósito, parabéns pelo treino.
    Bjos e melhoras,
    Dani

    ResponderExcluir
  11. Felipe,

    Cara, quer um conselho legal, de quem entende um pouco do assunto, no quesito médico e no quesito de ter familiares com o mesmo problema?? Procura um proctologista.

    Hemorróidas é um problema muito bem tratável, e talvez no seu caso, uma cirurgia resolva o seu problema. E não se preocupe, essa cirurgia normalmente é ambulatorial, não precisando ficar internado não. E geralmente após tem cura.

    Agora uma coisa é certa! Alimentação é muito importante para não haver piora ou reicidivas, e amigo, do jeito que você bebe água imagino como deve ser a alimentação... aí, meu... realmente não tem C* que aquente não!!

    Agora, precisa de uma avaliação sim. E nessa fase, esporte inclusive é contra-indicado! Então procura logo um médico para ver o seu problema.

    Leo Binda (acadêmico do último ano de Medicina)
    www.correndonailha.blogspot.com
    www.twitter.com/leobinda

    ResponderExcluir
  12. Felipe, meu caro amigo, existe possibilidade de ser uma LER (lesão por esforço repetitivo)?
    Marcelo

    ResponderExcluir
  13. Outra coisa Felipe, um dos textos mais escatológicos que já li, rachei o bico...
    melhoras!
    Marcelo

    ResponderExcluir
  14. Tem vergonha de falar mas não tem vergonha de postar em detalhes?? hehe.
    Tadinho de você amigo...melhoras!!
    Mas procure logo um médico, ficar sofrendo e nos fazendo rir não vai lhe ajudar a melhorar, rsrs.
    Abraço!
    Lili

    ResponderExcluir
  15. Ow felipe to cansada de vir aqui e te chingar home, pelo amor, vai logo pro médico...
    Poca vergonha sofrer desse jeito...
    Eu adoro tu agora vê se toma juizo...
    Bjinhos
    Ju (bons km)

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus!! O que é esse post?!!
    Não sei se ria ou sentia de nojo ou se me escandalizava com os detalhes ou se ficava com pena!!
    Aviso que minha imaginação é muito fértil, fiquei te imaginando no banheiro... hahahaha
    Desagradável!!
    Sinceramente não queria estar no teu lugar!! Tadinho de ti!!
    Desejo melhoras e força para aguentar :DD
    Beijones

    ResponderExcluir
  17. KKKKKKKKKKKK..Desculpe, Felipoviski, mas eu não conseguí ler isso sem rir..Quando li que fui uma das encorajadoras pessoas que te fizeram revelar esse segredo terrível, juro que me tremi toda...rs...mas depois...a tremilança deu lugar ao riso..com todo o respeito. Na boa...eu nunca tive hemorróidas, mas acho que já senti algo parecido. Quando tive meu filho de parto normal, o médico teve que dar uma rasgadinha que foi até perto do ânus...(fui literalmente rasgada mesmo...rs..Depiis acho que ele custorou mais do que devia, pelo menos foi o que pareceu durante 15 dias...Nunca senti tanta dor na hora de liberar o marrom...e na boa.. eu rezava pra que ele fiasse dentro da minha barriga por todo o sempre se reproduzindo e se reproduzindo até que um dia eu explodisse...Era muita dor... cada vez que eu tinha que ir ao banheiro eu chorava, tentava rezar (mas não coinseguia, como vc chegar sair do primeiro Pai. A sensação era que eu estava sendo estrufada (como dizem meus clientes) por tronco de árvore...Jesus...Mas passou...e qcom certeza a sua tb vai..Mas cuidado hen...evita comida com muita pimenta, muito chocolate e comidas gordurosas, pois minha mãe teve que operar isso aí... e aí sim.. tu vai ver o que é sentir dor por mais de 1 mês...
    De toda forma, tu vai ficar legal e brindaremos com uma coca cola zero sem chocolate, por favor...

    bjs

    ResponderExcluir
  18. nossa amigo; estou passando pelo mesmo problema,ai vai uma receitinha bem brasileira,pega umas folinhas de babosa faz uns supositorios coloque-os congelar e em seguida introduza-o no local afetado.voce vai se sentir aliviaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaado

    ResponderExcluir
  19. Se Fudeu o baitola..

    ResponderExcluir
  20. SINCERAMENTE , tenhoo 12 anos , e não acheii nada engraçado . ! ,Olá . Felipe , eu desejo melhoras tá ;) , bjos recuperecee !

    ResponderExcluir
  21. Deste jeito, isto é tenso! mas cuidando com carinho... volta a bater um papo com bocão feliz e alegre da vida

    ResponderExcluir